Menu Rápido
Orçamento Rápido
Endereços e Contatos

Orçamentos: farmacia@cedroni.com.br

 

11 2764.3700 | 11 3277-3753

WhatsApp 11 99350-7997

0800 7733 700

 

Consultoria Técnica Farmacêutica

11 2764-3747

farmaceutica@cedroni.com.br

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados - Farmácia Cedroni - Desenvolvido por Acasadearte 

7 motivos para você ser gentil todos os dias (e viver mais)

A gentileza é um gesto positivo que consegue aumentar a autoestima, a satisfação pessoal e ainda gerar um efeito replicador entre as pessoas


Ansiedade e depressão são doenças mentais cada vez mais comuns. Estamos mais ansiosos, estressados e, por consequência, descontando a frustração em outras pessoas. Mas, e se houvesse um jeito simples de melhorar o humor instantaneamente e ter efeitos a longo prazo?


Pequenos gestos de gentileza podem fazer mais diferença na sua vida do que você imagina. Estudos comprovam que ser gentil no cotidiano impacta positivamente não apenas o bem-estar emocional e a autoestima, mas também nossa saúde física e a longevidade.


Faz bem ser gentil


Segundo a coach especialista em desenvolvimento humano, Vivian Wolff, "a gentileza é definida como a qualidade de ser amigável, generoso e atencioso". Portanto, ser gentil é quando não pensamos apenas em nós mesmo e em nossos problemas, e focamos a atenção no outro, a fim de promover o bem.


A especialista ainda vai além e reforça que a gentileza tem o poder de promover a felicidade em via dupla. "Se olharmos o que ela representa mais a fundo, é possível dizer que a gentileza é um desses paradoxos da felicidade, no qual ao tornar outras pessoas felizes, nos tornamos mais felizes." afirma Wolff.


Além dessa felicidade "instantânea", ser gentil no dia a dia também pode promover outros benefícios que geram bem-estar e ainda reforçam a cultura de bondade entre as pessoas. Confira cada um deles a seguir:


1. Melhora os relacionamentos


Um dos efeitos de ter a gentileza como prioridade na vida é a possibilidade de melhorar os relacionamentos interpessoais. "Quando somos gentis, mostramos a alguém que eles significam algo para nós. Mesmo que inconscientemente, estamos passando uma mensagem de que enxergamos o outro", reflete Vivian Wolff.


Por consequência, este tipo de atenção à outra pessoa incentiva outros atos positivos, como a gratidão. Em casa, no trabalho ou na escola, isso também impacta no clima do ambiente, tornando-o mais agradável e muito mais harmonioso.


2. Confere mais satisfação pessoal


A gentileza também proporciona mais satisfação pessoal. Um estudo conduzido com dois grupos de idosos identificou que aqueles que haviam realizado trabalho voluntário apresentavam maiores índices de bem-estar individual. Além disso, os voluntários tinham menos sintomas de depressão, ansiedade e somatização.


3. Estimula a sociabilidade e empatia


Outro estudo apresentou cinco benefícios do comportamento altruísta, que incluem: integração social aprimorada, distração de problemas pessoais, maior percepção de auto-eficácia e competência, melhora do humor e estilo de vida mais ativo fisicamente.

Em outra pesquisa, feita pela Universidade Estadual de Iowa, os especialistas pediram que os envolvidos andassem por 12 minutos desejando felicidade aos outros. O experimento descobriu que estes indivíduos se sentiram mais felizes, conectados socialmente, atenciosos e empáticos.


4. Beneficia a saúde mental


A gentileza também contribui para uma melhora na saúde mental como um todo, ajudando a reduzir até mesmo os sintomas de depressão e ansiedade. Em um experimento realizado nos EUA, participantes levemente deprimidos foram instruídos a se engajarem em atos gentis no dia a dia e reportaram uma melhora considerável nos efeitos do quadro.


5. Reduz o risco de morte


Outros estudos feitos nos Estados Unidos relacionaram a prática de voluntariado à longevidade. Uma pesquisa indicou que as pessoas que praticam ações voluntárias teriam 44% menos risco de morte do que aquelas que não fazem.

Além disso, outra pesquisa conduzida pela Universidade de Michigan concluiu que aqueles que não ofereciam apoio a amigos, parentes, cônjuges ou vizinhos tinham até duas vezes mais chances de morrer em cinco anos.


6. Revigora a saúde física


Investir na gentileza também pode gerar um impacto positivo na qualidade de nossa saúde física. Um estudo realizado pela Universidade de Miami, nos EUA, mostrou que as pessoas gentis tendem a apresentar uma produção aumentada de ocitocina, conhecida como "hormônio do amor".


Além de estimular as sensações de prazer e afeto, a substância é capaz promover o relaxamento muscular, diminuir dores pelo corpo, amenizar alguns sintomas de fibromialgia e até combater a hipertensão arterial. Ou seja, ser gentil pode fazer bem (literalmente!) para seu coração.

7. Gentileza gera gentileza


Uma curiosidade sobre a gentileza é que ela possui um efeito replicador. Um estudo feito pelas universidades da Califórnia, San Diego e Harvard constatou que a cooperação pode ser "contagiosa" e se espalha de pessoa para pessoa. Quando alguém se beneficia da gentileza, ela tende a ser gentil com outra pessoa, criando uma cascata de bondade.


Como ser gentil?


Pequenas práticas de gentileza no dia a dia podem ser significativas tanto para você quanto para quem está ao seu redor. A coach Vivian Wolff dá dicas de alguns atos gentis para incluir no cotidiano desde já:


Olhe no olho quando falam com você

Diga "obrigado" a alguém que faz a diferença em sua vida

Seja um(a) bom(a) ouvinte. Em um mundo frenético, alguém que para e te escuta de verdade faz muita diferença

Diga a verdade de uma maneira bondosa, principalmente se o que você quer dizer for útil para a outra pessoa

Elogie. Não custa nada, não leva tempo e pode fazer o dia de alguém muito mais feliz. Cultive esse hábito!


Se você se considera uma pessoa tímida ou naturalmente mais fechada, que não se abre facilmente aos outros, saiba que existem maneiras de aprender a ser gentil. Segundo uma pesquisa da Universidade de Wisconsin-Madison, isso pode ser feito através de um esporte ou até mesmo pela meditação voltada à gentileza.


Além disso, praticar a gentileza consigo mesmo é imprescindível. "Só damos ao mundo o que temos em nós, portanto, cuide-se", orienta Wolff. Portanto, seja gentil consigo mesmo para conseguir aplicar a gentileza em benefício do mundo.


Fonte: minha vida



1 visualização