Pico de crescimento e salto de desenvolvimento: veja a diferença


Entenda o que são estas fases pelas quais seu bebê passa, e como influenciam na amamentação


Não tem jeito! A amamentação é recheada de desafios! Os períodos de picos de crescimento são mais uma das preocupações que afligem as mães que amamentam. Aqui, nesse artigo vou esclarecer direitinho qual a real influência desses picos e o que você pode fazer para que isso não seja mais um problema para sua amamentação.


Para começar a compreender melhor tudo isso, vou explicar o que é um pico de crescimento e o que são os saltos de desenvolvimento, porque são coisas diferentes e muitas se confundem.


Quando nos tornamos mães, nos deparamos com muitas mudanças, físicas e emocionais, não é mesmo? Para o bebê isso não é muito diferente! Imagina toda a mudança que essa criança sofrerá em apenas um ano de vida!


Como seu corpinho vai crescer, suas células vão se multiplicar mais e mais, tanto que aprenderá novas habilidades em pouco tempo. A cada semana parece que você tem um novo bebê em casa! Essas mudanças ocorrem e são aparentemente visíveis.


Os bebês mudam sua aparência física, até a cor dos olhos e dos cabelos. Você pode ver isso nitidamente pelas pelas roupinhas que de uma semana para outra deixam de servir. E aquele lindo vestido que ganhou dos avós, quando você vê, já se foi. E começam a aprender a sorrir, pegar objetos, sentar sem apoio, engatinhar. Sempre tem novidades!


Essas mudanças pertencem basicamente a duas ordens: físicas e de aprendizados. E os picos de crescimento e saltos de desenvolvimento são normalmente muito confundido pelas mães, e aqui vamos simplificar.


O que são picos de crescimento


Picos de Crescimento refere-se, resumidamente, à fase de desenvolvimento físico acelerado como altura e peso. E são nesses picos que os bebês sentem uma maior necessidade de mamar.


Eles precisam avisar o corpo da mãe que necessitam de uma demanda maior de leite. E, por isso, aumentam as solicitações de peito, pois o equilíbrio da produção se dá com a harmonia entre oferta e procura. Quanto maior o estímulo, o organismo materno entende que precisa produzir mais.


Então, esse é um bom sinal, o bebê mamando mais, sinaliza para o corpo da mãe que é preciso aumentar a produção, que logo se regula a nova demanda.


Por desconhecerem essas etapas, muitas mães ficam apreensivas, achando que seu leite diminuiu, ou está fraco. Explico isso em detalhes no meu livro Sintonia de Mãe, da editora Luz da Serra.


Apesar de ser uma etapa cansativa para a mãe, esses sinais do bebê são bons e, nesse período, quanto mais o bebê mamar, mais rápido tudo será regulado novamente. Nesse momento muitas vezes é indicado o complemento com leite artificial, o que interrompe o processo natural. Dessa forma, o organismo da mãe não é sinalizado, caindo assim sua produção.


Na verdade, o bebê está mamando exatamente para isso: para sinalizar ao organismo das mamães que precisam aumentar a demanda. Ao ingerir leite artificial, o bebê sugará menos e dessa forma, menos leite será produzido.


É importante dizer também que suas mamas não ficarão mais tão cheias e entumecidas, como no início da amamentação. E isso não é sinal de diminuição de sua produção: 80% do leite será produzido durante a mamada, porque o equilíbrio já foi estabelecido nessa fase.


Os picos duram, mais ou menos uma semana, mas podem variar a cada bebê. No geral, não são períodos longos.


Quando os picos de crescimento ocorrem?


  • 7 a 10 dias

  • 2 a 3 semanas

  • 4 a 6 semanas

  • 3 meses

  • 4 meses

  • 6 meses

  • Em torno de 9 meses


Saltos de desenvolvimento


Em resumo, os saltos de desenvolvimento são os períodos em que o bebê está adquirindo novas habilidades, especialmente motoras.


Por exemplo, mudanças na visão, quando começam a enxergar as cores ou as coisas de forma mais focada, quando começam a sorrir, interagir com os pais, controlar movimentos finos (pegar um objeto), firmar a cabeça, engatinhar, sentar, caminhar.


Todas essas aquisições trazem sensações e sentimentos diferentes para eles, pois seu sistema perceptivo e cognitivo mudou. Isso pode gerar insegurança e pode fazer com que ele procure essa segurança em você, mamãe.


Então, ficam mais grudados, mais carentes, mais manhosos e precisam de mais colinho. Despertares noturnos são bem comum nessa fase. Pois acordam a cada ciclo de sono para "treinar" a nova habilidade que estão adquirindo.

Cada salto de desenvolvimento dura entre uma e seis semanas.


Quando os saltos de desenvolvimento ocorrem?


  • 5 semanas - mudanças na visão

  • 8 semanas - começa a perceber as mãos e pezinhos e aprende a controlá-los

  • 12 semanas - começa a perceber melhor os ambientes e reconhecer as vozes

  • 19 semanas - é um dos saltos mais longos (dura 4 a 6 semanas), pois o bebê começa a fazer várias coisas ao mesmo tempo, rolar, sustentar o pescoço, juntar as mãos

  • 26 semanas - começa a perceber que ele e a mãe são seres separados, e acontece o início da fase de ansiedade da separação

  • 30 semanas (7 meses) - engatinhar

  • 37 semanas - começam a expressar suas vontades

  • 46 semanas - alguns começam a falar e caminhar com apoio

  • 55 semanas - caminhar sozinhos, e um salto muito significativo


Lembrando que cada bebê tem um jeito único de se desenvolver, essa tabela é apenas uma referência.


Para saber mais sobre a amamentação procure se informar. Um bom conteúdo está disponível no meu livro "Sintonia de Mãe", publicado pela Luz da Serra Editora.


Como ajudar seu bebê nessas fases?


Primeiramente, vamos ter em mente que é apenas uma fase e fase passa. E também que elas são importantes para o desenvolvimento de sua criança e não algo errado que vem acontecendo. Quando você identificar uma fase assim, pense logo: "Meu filho está se desenvolvendo bem!"

Por isso, a melhor forma é termos compaixão com o bebê e ajudá-lo a enfrentar esses momentos. Aproveite o tempo que você estará com seu bebê para criar uma relação afetiva saudável. Eles crescem muito rápido, acredite!


Nessa fase, procure pedir mais ajuda para sua Rede de Apoio e procure programar seu dia, prepare refeições fáceis e mais práticas, sempre que possível, pois o bebê irá mesmo exigir mais de você. Procure descansar enquanto amamenta. No meu canal do YouTube você encontra um vídeo com afirmações poderosas para a hora da amamentação que pode te ajudar!


Fonte: minha vida

8 visualizações
Menu Rápido
Orçamento Rápido
Endereços e Contatos

Orçamentos: farmacia@cedroni.com.br

 

11 2764.3700 | 11 3277-3753

WhatsApp 11 99350-7997

0800 7733 700

 

Consultoria Técnica Farmacêutica

11 2764-3747

farmaceutica@cedroni.com.br

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados - Farmácia Cedroni - Desenvolvido por Acasadearte