Quando a raiva e a irritação são sinais de depressão?


Além do sentimento profundo de tristeza, a depressão pode despertar outras emoções de forma intensa


A depressão é uma doença que desperta diferentes sintomas e emoções, como raiva e irritação. Mas como saber diferenciar quando a raiva e a irritabilidade estão dentro da normalidade da demonstração das emoções e quando são sinais de um quadro depressivo? Entenda a seguir:


Sintomas da depressão


A depressão tem como sintoma principal a tristeza profunda. Mas não é só isso. Outros sinais que a doença despertam são:

  • Apatia

  • Falta de motivação

  • Medos que antes não existiam

  • Dificuldade de concentração

  • Perda ou aumento de apetite

  • Alto grau de pessimismo

  • Indecisão

  • Insegurança

  • Insônia

  • Falta de vontade de fazer atividades antes prazerosas

  • Sensação de vazio

  • Raciocínio mais lento

  • Esquecimento

  • Ansiedade

  • Raiva e irritabilidade

  • Angústia

  • Vontade de morrer

  • Dores de barriga

  • Má digestão

  • Azia

  • Constipação

  • Flatulência

  • Tensão na nuca e nos ombros

  • Dores de cabeça

  • Dores no corpo

  • Pressão no peito

  • Queda da imunidade

Raiva e irritação: quando são sintomas da depressão?


Embora a tristeza seja um dos principais sinais, sentir raiva e irritação de uma forma característica também pode ser um sintoma da depressão. De acordo com a psicóloga Fabiane Curvo de Faria, a raiva é uma emoção, uma internalização do que sentimos.

Segundo ela, é normal sentirmos raiva e irritação com situações cotidianas. São expressões de frustrações. Entretanto, há uma diferença entre a irritabilidade e o sentimento de raiva do dia a dia e da emoção despertada em quadros depressivos.


"A raiva gerada pela depressão é constante e perdura por um longo período de tempo. Tem constância. Diferente da raiva do dia a dia que nos irritamos e depois passa em minutos. Uma raiva constante e cronificada pode ser um sintoma desta doença. É uma raiva que não passa e tem características de frustração e de irritabilidade", diz Fabiane.


Pessoas com depressão que se movimentam pela raiva pretendem informar sobre algo que incomoda e lhes causa prejuízos. "As pessoas que estão deprimidas não fazem um bom manejo emocional e por isso não sabem 'se livrar' das emoções prejudiciais a elas (...). A pessoa que apresenta esse quadro está constantemente mal-humorada e mostra uma ira contínua. Também tem tendência a responder aos acontecimentos com ataques de ira, insultando aos outros ou com um sentimento exagerado de frustração por coisas sem importância (um sentimento desproporcional ao acontecimento)", descreve Fabiane.


Como lidar com a raiva e a irritação?


A psicoterapia é indicada para casos de depressão e ajuda a lidar com a raiva e excesso de irritabilidade. "É normal sentir raiva quando nos frustramos. Não somos robôs, mas devemos escoá-la de maneira saudável. Isso é uma habilidade que aprendemos na vida através de inúmeras orientações e aprendizados que recebemos ao longo dela - ou em terapia", diz Fabiana.


Também vale a pena restringir, em períodos de crise ou durante o tratamento, gatilhos para essas emoções, como as redes sociais, além de buscar criar uma rede de apoio. "Nossos familiares e nossa rede de apoio devem sempre estar cientes de que a doença causa sintomas que falam por ela. Porém, é muito importante ter atenção para que erros ?reais? não sejam confundidos com a doença".


Fonte: minha vida

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Menu Rápido
Orçamento Rápido
Endereços e Contatos

Orçamentos: farmacia@cedroni.com.br

 

11 2764.3700 | 11 3277-3753

WhatsApp 11 99350-7997

0800 7733 700

 

Consultoria Técnica Farmacêutica

11 2764-3747

farmaceutica@cedroni.com.br

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados - Farmácia Cedroni - Desenvolvido por Acasadearte