7 alimentos probióticos incríveis para a sua saúde


Os probióticos são microrganismos benéficos que vivem no organismo, notavelmente no intestino. A saber, eles trabalham para manter um equilíbrio saudável no corpo, ajudam a função imune e a controlar a inflamação.


Aliás, quanto mais desses microrganismos benéficos uma pessoa tem em seu corpo, mais eles crescem e reduzem a proliferação dos microrganismos que podem fazer mal e causar doenças.


Além disso, quanto mais probióticos ela tem no intestino, mais saudável o órgão é e melhor ele funciona.


Tudo isso para dizer que vale muito a pena adicionar alimentos probióticos nas refeições do dia a dia. Por exemplo:


1. Iogurte


Mas é o iogurte natural, sem sabor e sem açúcar. Melhor ainda se você conseguir produzir a sua própria cultura de iogurte em casa. Para isso, você precisa apenas do fermento lácteo ou de um iogurte natural de boa qualidade (feito com dois, três ingredientes no máximo) e de leite.


Então, aproveite que está por aqui para conhecer os benefícios do iogurte e aprender como fazer iogurte natural em casa.


2. Kefir


Ele pode ser feito com leite ou água. Ambos são poderosos probióticos e, inclusive, trazem mais benefícios do que o iogurte. No entanto, o kefir de leite é ainda mais benéfico do que o kefir à base de água. Conheça os benefícios e aprenda como fazer kefir.


3. Chucrute


É basicamente o repolho fermentado. Mas, ao comprar o chucrute, é importante que você opte por um que não seja pasteurizado, pois esse processo mata os probióticos do alimento.


4. Kombucha


A bebida é feita com uma base de chá preto ou chá verde que se mistura com açúcar para fermentar e gerar as substâncias benéficas. Aprenda mais sobre o kombucha com o vídeo a seguir:


5. Picles


O mais comum deles é feito com pepino. Entretanto, existem outros tipos. Aliás, todos os vegetais fermentados são probióticos e, portanto, são interessantes para o organismo.


Mas aqui vale o mesmo conselho do chucrute: ao comprar picles já pronto, evite aqueles que são pasteurizados, para não ficar sem os probióticos.


6. Coalhada


É um alimento comum no Brasil, que também é fácil de preparar em casa. Aliás, aproveite para conhecer algumas receitas de coalhada light.


Por outro lado, se preferir comprar a coalhada industrializada, não leve a pasteurizada, pois como você deve bem se lembrar, ela não terá os probióticos.


7. Tempeh


Trata-se de um produto de fermentação da soja. Ou seja, é uma boa alternativa para quem segue um estilo de vida vegano, já que além de ser probiótico, o alimento tem uma grande capacidade nutricional.


Fonte: mundo boa forma

6 visualizações0 comentário