Pano branco: o que é, como tratar, é contagioso?


Calor e umidade são alguns dos fatores externos que podem contribuir para o surgimento da doença infecciosa


O que é pano branco?


O Pano Branco, como é conhecida popularmente a Pitiríase Versicolor, é uma doença de pele infecciosa causada por uma infestação do fungo Malassezia Furfur, que é comum na flora cutânea.


Esse tipo de micose acomete principalmente áreas da pele com maior oleosidade, como dorso e tronco, mas pode se manifestar em qualquer local do corpo como, por exemplo, na região torácica, abdominal e cervical.


Geralmente, o pano branco se apresenta em forma de manchas, com uma leve descamação de coloração esbranquiçada. Além disso, essa dermatofitose pode vir acompanhada de coceira na região acometida.


Pano branco é contagioso?


De acordo com a dermatologista Simone Neri, o pano branco não é uma doença contagiosa. "Esse fungo é saprófita da nossa pele, isto é, ele vive normalmente no nosso corpo e em alguns casos pode aumentar por alterações das condições da pele, como oleosidade excessiva, calor, suor, baixa de imunidade e desnutrição", explica.


O pano branco é mais frequente em adolescentes e jovens adultos porque este grupo tem maior atividade da glândula sebácea. No entanto, é uma condição de pele que não escolhe faixa etária, podendo se manifestar em qualquer pessoa.


Diagnóstico de pano branco


O ideal é procurar ajuda dermatológica assim que notar as manchas do pano branco. Afinal, essa micose pode incomodar, causando coceira e descamação na pele, e necessita de diagnóstico clínico para que o tratamento seja iniciado.


"Nós analisamos um ponto característico chamado sinal de Zileri. O sinal de Zileri é uma descamação observada pelo estiramento da pele, que pode provocar descamação na área acometida. O diagnóstico também pode ser feito por meio de um exame micológico direto para fazer a cultura de fungos", afirma a dermatologista Simone Neri.