6 Benefícios do óleo de manjericão


A maioria dos óleos essenciais têm propriedades relaxantes e o óleo de manjericão não é diferente. Saiba então quais são os benefícios do óleo de manjericão.


O manjericão (Ocimum basilicum) é muito conhecido por seu papel na culinária. Ele é capaz de adicionar um sabor e aroma característico em pratos como massas, saladas e pesto, por exemplo.


A partir dessa mesma planta, também é possível extrair um óleo vegetal essencial cheio de benefícios para a saúde. Um dos pontos fortes do óleo de manjericão é a capacidade de reduzir o estresse. Veja abaixo esse e outros benefícios desse óleo.


Aliás, você sabia que o manjericão é da mesma família da hortelã? Confira também os benefícios do óleo de hortelã e como usar.


Benefícios do óleo de manjericão


De fato, usar o óleo essencial de manjericão na sua casa pode trazer muitos benefícios para o seu bem-estar, como por exemplo:


1. Regulação do estresse


O óleo de manjericão é rico em compostos que melhoram a saúde. Um deles que se destaca é o linalol, que de acordo com um estudo de 2017 publicado na revista BioMed Research International reduz o estresse.


Além disso, ele é capaz de reduzir a tensão e ajuda a combater o cansaço mental.


2. Efeito calmante


A aplicação deste óleo na pele ou a sua inalação promove uma sensação agradável de tranquilidade. De fato, um dos principais usos desse óleo é para ajudar a relaxar.


De acordo com um estudo publicado em 2015 na revista Research in Pharmaceutical Sciences, o óleo de manjericão promove melhor clareza mental – o que consequentemente ajuda a ficar mais calmo e lidar melhor com situações difíceis.


3. É bom para a digestão


O óleo essencial de manjericão é ótimo para aliviar a má digestão. Isso acontece porque esse óleo tem propriedades carminativas que promovem a eliminação de gases intestinais.


Como resultado, você observa um grande alívio em sintomas como as cólicas estomacais, a prisão de ventre, a indigestão e, claro, a flatulência.


4. Alívio de sintomas respiratórios


As propriedades do óleo de manjericão ajudam a melhorar sintomas de gripes e resfriados, asma e outras infecções respiratórias.


A tosse, por exemplo, é um sintoma que o manjericão ajuda a tratar. De acordo com uma pesquisa da revista Ancient Science of Life de 2014, o óleo essencial tem propriedades antiespasmódicas que reduzem a tosse.


5. É bom para a pele


Segundo um estudo de 2017 da revista científica Evidence-based Complementary and Alternative Medicine, outro benefício do óleo é o alívio de sintomas relacionados à acne e a outras infecções que podem afetar a pele.


Além disso, o óleo de manjericão também tem um potencial antifúngico e antibacteriano que pode proteger a pele de infecções causadas por fungos e bactérias.


6. Age contra dores


Um dos grandes benefícios do óleo de manjericão é o alívio da dor relacionada a lesões, feridas ou hematomas devido ao seu potencial anti-inflamatório.


Aliás, um estudo de 2012 demonstrou que o óleo de manjericão atua como um relaxante muscular natural quando aplicado na pele durante uma massagem corporal.


Por fim, o óleo de manjericão também pode ajudar a reduzir a dor e coceira associada a mordidas de mosquitos ou outros insetos.


Como usar o óleo de manjericão


Antes de passar o óleo de manjericão na pele, você deve diluir o produto em um óleo transportador – que pode ser o óleo de amêndoas, de jojoba ou de coco, por exemplo.


Use sempre a proporção de 1:1. Ou seja, se você escolher usar o óleo de manjericão com óleo de coco, use 1 colher de sopa de cada e misture bem antes de aplicar sobre a pele.

Se você for usar o óleo de manjericão para fins de aromaterapia, é possível colocar algumas gotas do óleo em um pano, ou em um recipiente com água ou em um difusor para poder inalar o seu aroma.


Além disso, dessa forma o óleo de manjericão também se transforma em um aromatizador de ambientes – deixando sua casa com um aroma delicioso e suave.


Essas são as duas formas consideradas seguras de usar o óleo essencial de manjericão. O uso oral não é recomendado porque há o risco de efeitos tóxicos no organismo.


Por fim, lembre-se também de que se você sentir qualquer tipo de desconforto ou irritação na pele, é importante interromper o uso do óleo e consultar um médico.


Fonte: mundo boa forma


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo